Os suplementos pré-treino estão entre os mais comentados quando as pessoas perguntam sobre nutrição esportiva.

Com grande popularidade, as dúvidas são naturais e fazem parte do seu processo de decisão de compra e de ingestão desses produtos, relativamente novos no mercado da nutrição esportiva.

Já de antemão, podemos informar que eles realmente funcionam e que são capazes de cumprir fielmente com o seu papel e dar mais disposição para quem precisa.

Vamos falar sobre esses suplementos e mostrar como você pode escolher o produto que mais se adequa às suas necessidades.

Pronto para saber mais? Continue a leitura e confira!

O que são os suplementos pré-treino?

Os suplementos pré-treino são, basicamente, estimulantes que ajudam a dar mais energia ao praticante da atividade física.

Em sua maioria, esses produtos apresentam cafeína na sua composição nutricional, para garantir o aumento de energia e disposição.

Em outros casos, é possível até mesmo encontrar algumas gramas de BCAAs e de creatina, substâncias que ajudam a aumentar a resistência muscular.

Entretanto, é importante ressaltar que, em alguns estudos, já foi comprovado que a cafeína pode comprometer os efeitos da creatina.

Carboidratos e outros aminoácidos também podem fazer parte dessa suplementação, que, algumas vezes, conta com vitaminas para ajudar a dar um aporte nutricional.

As principais diferenças entre o pré-treino e os termogênicos estão na sua composição nutricional e na quantidade dos estimulantes por dosagem da suplementação.

Em quais situações eles são recomendados?

Os suplementos pré-treino são recomendados para praticantes de musculação e de outras atividades que exijam demasiado esforço físico.

Saiba que, diferente da maioria dos outros produtos, esse tipo de suplemento apresenta restrições sérias e devem ser respeitadas.

Hipertensos e pessoas com problemas cardíacos devem evitar ao máximo sua ingestão, assim como aqueles que apresentam síndrome do pânico ou outras enfermidades semelhantes.

A ingestão de estimulantes para esses grupos aumentam os sintomas de suas condições clínicas, podendo causar danos à saúde.

O ideal é consultar um nutricionista para ter certeza da segurança da ingestão desses produtos. Para pessoas saudáveis de ambos os sexos, normalmente, não existem restrições.

Como escolher um bom suplemento?

O primeiro passo para escolher um bom pré-treino consiste em uma análise pessoal sobre o seu horário de treinamento. 

Para quem treina pela manhã e consegue ter uma alimentação de qualidade antes do exercício, a inclusão do pré-treino pode ser interessante. O mesmo vale para quem pratica a atividade pela tarde.

Para aqueles que optam por treinar no período noturno, a ingestão pode causar efeitos adversos, como dificuldade para dormir.

Outro aspecto essencial para escolher seu pré-treino é conhecer a sua composição. Respeite sempre sua dieta e não se esqueça de optar por substâncias conhecidas.

Evite suplementos que apresentem mais de 400 mg de cafeína na sua composição. Acima dessa quantidade, o uso é contraindicado pois pode causar danos à saúde.

Use suplementos com inteligência

Ressaltamos, novamente, que a consulta com um nutricionista esportivo é a melhor maneira de encontrar um suplemento adequado às suas necessidades.

Além disso, é importante observar a resposta do corpo ao suplemento, que, em alguns casos, pode gerar efeitos adversos para alguns indivíduos mais sensíveis à cafeína.

Como vimos, os suplementos pré-treino são ótimas fontes de energia para quem pratica exercícios intensos — mesmo não sendo tão importante como o Whey Protein e outros produtos que otimizam a atividade física.

Por isso, consulte um nutricionista e veja se você também pode aproveitar os seus benefícios!

Gostou deste conteúdo sobre suplementos pré-treino? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter e receba em primeira mão outros conteúdos como este!

Escrito por Academia Nadarte