descanso entre treinos

Todas as pessoas que iniciam na musculação ficam com algumas dúvidas básicas a respeito do tempo de descanso entre treinos.

Uma vez que sempre temos a sensação que para obtermos os melhores resultados, precisamos nos dedicar o máximo possível. Porém, quando falamos a respeito de fisiologia e do funcionamento do nosso corpo, logo vemos que treinar com uma frequência elevada pode não ser a solução para seus objetivos.

Principalmente para quem busca a hipertrofia muscular — aumento dos músculos —, é essencial ter um bom descanso para a recuperação, já que é neste período que a musculatura cresce.

Abaixo, falaremos tudo o que você precisa saber sobre este intervalo entre seus treinamentos e por que você deve respeitar esse período para conseguir seus melhores ganhos na academia.

Você está pronto para saber mais a respeito? Continue sua leitura até o final!

A razão e importância para o tempo de descanso entre os treinos

O treino de descanso nada mais é do que aqueles dias em que você não faz musculação ou não exercita os mesmos músculos.

Normalmente os treinamentos são prescritos tendo em mente o foco em um ou mais grupamentos musculares por dia, e esta medida é justamente para evitar alguns problemas.

Uma série pode ser dividida em dois treinos distintos: um treino A e um treino B. No treino A, podemos treinar os seguintes grupamentos musculares: peitoral, deltóides (ombros), tríceps, quadríceps e panturrilhas. Já no B, os seguintes músculos são estimulados: dorsais (costas), trapézio, bíceps, abdômen, isquiotibiais (posterior de coxa), glúteos e panturrilha.

Essa divisão existe para que o praticante não treine todos os dias os mesmos grupamentos musculares, evitando o que conhecemos como overtraining ou excesso de treino.

Isso permite que o indivíduo consiga progredir na academia, aumentando o peso ou o número de repetições ao longo das semanas. O resultado é o aumento da massa muscular.

Porém, quando não respeitamos esse intervalo de tempo, temos alguns problemas, e saberemos mais sobre eles a seguir.

Receba a newsletterPowered by Rock Convert

Os problemas que acontecem com a falta de descanso

É preciso dizer que falta de descanso significa não dar o tempo necessário para a recuperação. E falta de recuperação significa que sua massa muscular não conseguiu se adaptar para o próximo treino.

Seus músculos não conseguiram reparar todo o dano causado durante a sessão de treinamento anterior, e ao repetir o mesmo grupamento muscular, você piora este quadro. Seu organismo passa a enfrentar alguns problemas para conseguir entrar em homeostase (equilíbrio).

Por isso, quem treina o mesmo músculo com alta frequência, volume e carga, começa a sentir falta de força, dores articulares, cansaço generalizado e fadiga localizada.

Consequentemente, os treinos deixam de render e começam a se tornar um verdadeiro sofrimento. Em muitos casos, a falta de motivação passa a aparecer também durante esta fase.

A chance para lesões também aumenta exponencialmente. Tendinite e até mesmo outros problemas mais graves podem aparecer com quem não tem o descanso adequado.

É preciso destacar que durante o exercício físico intenso nossa fisiologia muda. Nosso quadro hormonal passa por alterações, assim como nosso sistema nervoso e muscular.

Um grupamento muscular leva em torno de 48 horas para poder recuperar de maneira satisfatória, podendo haver diferenças de acordo com o indivíduo.

Por regra, mantém-se este intervalo como uma medida de segurança, justamente para evitar os problemas que citamos acima.

Por isso, é super importante escolher uma boa academia com profissionais qualificados. Eles prescrevem o treinamento de maneira adequada e evitam os riscos à saúde.

Aqui, na academia Nad’arte, contamos com uma excelente equipe de profissionais de educação física que estão preparados para lidar com sua individualidade e treinamento.

O tempo de descanso entre séries é sempre respeitado e sempre pensamos no seu resultado como prioridade. Que tal entrar em contato conosco? Visite nossa academia e saiba mais!

Academia Nadarte
Escrito por Academia Nadarte