A musculação masculina é regida por grandes dúvidas.

Duas das principais é se é ou não possível ganhar massa muscular após os 60 anos de idade e se a musculação é ou não ideal para as pessoas com idade mais avançada.

Neste post nós vamos responder essas dúvidas e abordar alguns pontos de profundo interesse para os homens que já atingiram ou estão próximos de atingir a terceira idade.

Pronto para saber mais sobre o assunto? Continue lendo!

A natural perda da massa muscular conforme a idade

Quando envelhecemos, nós perdemos parte da nossa massa muscular. Isso faz parte do nosso processo natural de envelhecimento e não há como fugir disso. 

Todos os homens (e as mulheres) passam pela mesma coisa.

Estudos indicam que um homem sedentário pode perder de 30 a 40% da sua massa muscular ao completar 80 anos de idade, e isso certamente pode ser um agravante para sua qualidade de vida.

Afinal, nosso tecido muscular é um dos grandes responsáveis por realizar as nossas tarefas diárias. 

E, com uma perda tão grande, é possível experienciar problemas como dores articulares, dificuldade excessiva para levantar e/ou caminhar entre várias outras situações.

Uma das principais maneiras de retardar o envelhecimento e garantir que esses problemas não ocorram é realizando o treinamento resistido, que nós amplamente conhecemos como musculação.

A recuperação muscular e a hipertrofia na terceira idade

No caso da musculação masculina para maiores de 60 anos, é importante ficar atento também a questões como a recuperação muscular e a hipertrofia (ou ganho de massa muscular) em idades avançadas.

Para aqueles que já realizaram atividade física em algum momento das suas vidas ( o que normalmente abrange uma grande parcela do sexo masculino), é possível recuperar parte do tônus e do volume muscular de idades mais jovens.

Para isso, é preciso uma nutrição adequada e um bom programa de exercícios que levem em consideração a individualidade e a recuperação pós-treino do praticante de musculação masculina.

O ganho de massa muscular na terceira idade é bem difícil de ser atingido.

Na maioria das vezes, o que ocorre é a recuperação da massa muscular perdida, o que não deixa de ser um excelente benefício.

É também possível aumentar o tônus muscular, recuperar parte da musculatura perdida, ganhar mais energia e ter uma excelente disposição por meio da musculação.

Dores articulares e a dificuldade para realizar tarefas podem ser reduzidas consideravelmente com a prática regular da atividade.

O cansaço e a fadiga muscular também passam a diminuir e ocorrer de maneira mais esporádica, desde que não exista nenhuma condição médica.

Note também que o tempo para ter esses resultados pode variar de acordo com o empenho e questões individuais de cada um.

No entanto, a regra para a terceira idade é não exagerar na dose!

Antes de começar, é imprescindível aval médico

A musculação masculina, assim como outra atividade, requer um aval médico.

Isso não só é necessário para pessoas da terceira idade, como para qualquer outro praticante.

Entretanto, é preciso ressaltar que em idades mais avançadas a sua necessidade se torna ainda maior, uma vez que a chance de lesão ou de qualquer outra complicação médica durante a atividade aumenta significativamente.

Não podemos deixar de mencionar que o acompanhamento profissional durante todo o seu treino é importante, principalmente para aqueles que nunca realizaram essa atividade anteriormente.

Este foi o nosso artigo sobre musculação masculina! Gostou do conteúdo?

Para você ficar ainda mais bem informado sobre o tema, recomendamos a leitura do nosso E-book sobre vida saudável! Você não vai se arrepender!

Escrito por Academia Nadarte