Musculação e treino funcional: essas são duas das atividades físicas que estão em alta no momento. A razão para isso?

Bem, ambas possuem benefícios fantásticos para a saúde e estética corporal de quem realiza a prática regular de qualquer uma dessas duas opções.

Em dúvidas sobre as principais diferenças entre essas duas modalidades de exercício?

Não se preocupe! No post de hoje abordaremos algumas das peculiaridades de cada atividade. Ficou interessado? Continue lendo!

As diferenças no foco do treinamento

Como já é sabido, a musculação tem como principal foco o aumento da massa muscular e o aumento da força.

A maioria dos treinos visam a hipertrofia de áreas específicas ou gerais do corpo do praticante, e os resultados costumam levar alguns meses para que sejam realmente perceptíveis.

No caso do funcional, o foco do treinamento está no tônus e na resistência muscular.

Isso significa que seus músculos não ficarão demasiadamente grandes, e sim que terão uma definição um pouco maior.

Muitas vezes, os resultados podem ocorrer em menos tempo — dentro de algumas semanas já é possível notar diferenças.

Todavia, isso não quer dizer que ganhos de massa muscular não possam ocorrer no treinamento funcional e que a musculação prioriza somente o aumento exacerbado da musculatura.

Um educador físico qualificado é capaz de trabalhar os seus objetivos individuais em cada uma das atividades.

A duração do exercício e o equipamento utilizado

Se o seu objetivo é treinar por menos tempo, definitivamente o treino funcional é a escolha ideal para você.

Em média, as sessões de treinamento dessa modalidade têm uma hora de duração.

No caso da musculação, é bem comum ultrapassar esse período de tempo. Normalmente, uma “sessão” de levantamento de pesos costuma levar uma hora e meia.

Quanto ao equipamento utilizado em cada uma das atividades, eles também variam.

A musculação prioriza halteres, barras, anilhas e máquinas para gerar resistência nos movimentos.

Já o treinamento funcional, muitas vezes, utiliza o próprio corpo para a realização dos exercícios. Entretanto, alguns equipamentos da musculação podem ser utilizados em certas ocasiões.

Importante mencionar que ambas atividades demandam que o praticante utilize vestimenta e tênis adequados.

A diferença entre as localidades utilizadas para treino 

De maneira tradicional, a musculação tende a ser realizada em um ginásio (ou academia) com pesos.

A sua prática se restringe a esse local e a liberdade geográfica costuma ser bem reduzida.

Já se tratando do funcional, é possível treinar em praias, parques, salas próprias, boxes e quaisquer outros locais que o praticante desejar, desde que exista algum tipo de conhecimento acerca dos exercícios e da natureza de todo o protocolo utilizado.

Lembrando que a presença de um profissional da área de educação física é essencial em ambas atividades, para que lesões sejam evitadas e para que outras complicações médicas não ocorram ao decorrer do exercício.

Essas são as principais diferenças entre musculação e treino funcional que você precisa conhecer.

Em busca de mais informações sobre o tempo que leva para obter resultados na musculação? Recomendamos esta leitura complementar!

Escrito por Academia Nadarte