quais são as causas e como evitar as dores lombares

As dores lombares são uma queixa extremamente comum para maioria das pessoas que atingiram a idade adulta.

Inclusive, a OMS — Organização Mundial da Saúde — afirma que 80% da população mundial sofre com dores na região. Além disso, ela estima que, no ano de 2020, a lombalgia será o fator mais incapacitante do mundo.

Apesar das estatísticas aparentemente desfavoráveis, não há motivo para pânico. Na maioria dos casos, as dores lombares são causadas pelo sedentarismo e má postura durante o dia, o que significa que é possível reverter o quadro sem muito esforço.

Nesse post, falaremos como você pode reduzir a lombalgia de maneira eficaz e em curto espaço de tempo.

Pronto para saber mais a respeito? Continue a leitura até o final!

Quais são os principais fatores que levam às dores lombares?

O sedentarismo — extremamente comum na sociedade atual — causa uma série de desequilíbrios musculares.

Vários músculos passam pelo processo de atrofia, enquanto outros são ligeiramente fortalecidos para darem conta das atividades comuns do cotidiano.

Para um grande número de pessoas que não praticam atividades físicas, é comum encontrar um abdômen enfraquecido, assim como toda a musculatura paravertebral (aquela que dá suporte para toda a coluna).

O resultado disso é uma postura disfuncional, que coloca não só a coluna vertebral em risco, como várias articulações do corpo. Normalmente, a lombalgia é acompanhada de inúmeros desconfortos diferentes.

Aliás, para os indivíduos que se encontram nesse quadro, permanecer ereto e com uma postura adequada se torna uma tarefa bem desconfortável. Situação que ajuda a agravar o problema e até mesmo aumentar as dores na região inferior das costas.

E como um número alarmante de pessoas passa a maior parte do tempo sentado, fica difícil simplesmente contar com remédios ou outras alternativas paliativas.

Como as atividades físicas ajudam a reverter o problema?

A princípio, as atividades físicas atuam como um agente fundamental no tratamento da lombalgia.

Exercícios da musculação e do pilates, por exemplo, podem atuar na eliminação dos desequilíbrios musculares provocados pelo sedentarismo e ainda ajudar na correção da postura.

Fortalecer o abdômen e a musculatura paravertebral devem ser alguns dos objetivos principais no tratamento das dores lombares, assim como o fortalecimento de outras regiões do corpo para eliminar uma postura com cifose ou hiperlordose.

Qual é a importância de contar com profissionais capacitados?

Para um “tratamento” de reabilitação eficaz, é preciso contar com bons profissionais, que sejam capazes de avaliar a postura e prescrever os exercícios de maneira adequada.

Além disso, é sempre importante orientar o praticante a manter a coluna neutra durante os exercícios e até mesmo na sua rotina diária, para impedir que o problema retorne ou permaneça.

Por isso, procure por uma academia qualificada e busque ter uma vida mais ativa para reduzir as suas dores na coluna e até mesmo o risco para inúmeras doenças crônicas, como diabetes e hipertensão.

Para quem busca atividades eficientes para a redução da dor lombar, podemos citar, além da musculação e do pilates, o treinamento funcional (quando bem prescrito), a natação e a hidroginástica.

Sua saúde deve ser a sua prioridade. Saiba que é possível viver intensamente e com uma excelente qualidade de vida, praticando exercícios físicos e os mais variados esportes.

Gostou do post sobre dores lombares? Entre em contato conosco e agende uma aula experimental. Contamos com uma equipe qualificada e estamos prontos para ajudar você a ter um novo estilo de vida!

Academia Nadarte
Escrito por Academia Nadarte