Alguma vez você já se perguntou se está comendo mal e, qual deveria ser a alimentação para quem faz academia?

É essencial que você tenha certos cuidados com a alimentação em qualquer ambiente.

Ao focar seus esforços em obter bons resultados nos treinos, o consumo consciente pode ajudar bastante.

A seguir, separamos algumas dicas essenciais de alimentação para que você coloque em prática hoje mesmo.

Acompanhe a leitura e confira!

Fracione as refeições

Independentemente de desejar aumentar sua força, queimar gordura localizada ou ganhar massa muscular, o fracionamento das refeições para comer de três em três horas pode ser muito útil.

Essa prática permite que a glicemia tenha equilíbrio e, inclusive, que não seja necessário utilizar a função dos aminoácidos para preservar a massa corporal.

Claro que o número de refeições realizadas durante o dia dependerá muito da sua rotina. Quanto maior o grau de organização, desde o momento em que acorda, melhor será a sua dieta. Ajuste a quantidade de alimentos ingeridos, levando em conta o número de calorias e os possíveis macronutrientes presentes na refeição.

Dê valor às proteínas

Para quem busca o crescimento muscular gradativo nada melhor do que o consumo de proteínas no dia a dia.

As proteínas exercem um papel fundamental no nosso corpo, elas são responsáveis pela regeneração das lesões que ocorrem nos músculos.

O consumo ideal no cotidiano deve ser entre 1,2 g e 1,8 g. Se você estiver pesando em torno de 86 kg, por exemplo, deverá consumir entre 103,2 g e 154,8 g.

Alguns alimentos, como o frango e peixe, são boas alternativas, mas existem receitas vegetarianas ricas em proteínas que também dão água na boca. 

Faça do carboidrato um aliado

Esqueça essa história de cortar o carboidrato da sua dieta, ele não é um inimigo e ainda pode render ótimos resultados antes e pós-treino.

Os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo, a ausência de alimentos com esse potencial faz com que as proteínas fiquem sobrecarregadas na função de gerar “combustível” para as células.

Você verá dois tipos de carboidratos:

  • o simples, que tem um alto índice glicêmico;
  • e o complexo, um baixo índice de glicemia.

Para que haja equilíbrio, a alimentação para quem faz academia precisa ter maçãs e cereais antes dos treinos, deixando para depois os carboidratos, como castanhas, tapioca, entre outros.

Foque em alimentos para ganhar massa magra

O ganho de massa magra é um dos focos da maioria das pessoas que treinam ao seu lado, tendo em vista que acelera o processo de emagrecimento.

As vantagens de priorizar os resultados vão bem além de apenas um corpo bonito, garantem a manutenção da saúde em dia e, com isso, uma boa cadência no treino.

Fazer a mescla entre os exercícios físicos e o ganho de massa magra exige uma dieta reforçada, cujos resultados dos treinos aparecem conforme a pessoa consome um bom nível de proteínas, carboidratos e gorduras boas.

Como recomendação de alimentos, você pode ingerir ovo, sardinha, arroz, feijão, avelã, mandioca, massas integrais e banana.

Por fim, vale ressaltar que, a água dispõe de inúmeros benefícios que ajudam não só a recuperar o fôlego, mas a ter um bom funcionamento do organismo. Então, beba bastante água.

Este texto era tudo de que você precisava?

Que tal ficar de olho em outras postagens sobre esse e outros assuntos acerca da vida saudável?

Então, aproveite a oportunidade e siga nossas redes sociais: estamos no Facebook e no Instagram!

 

Escrito por Academia Nadarte